domingo, 4 de dezembro de 2011

Bailarina

Levemente pelo vento você flutua
Entre passos e saltos e piruetas
Dançando no ar como borboletas
Deslizando pelo espaço até a lua

Na sutileza do seu toque no chão
A música que te acompanha
O mundo assiste suas façanhas
E percebo que nada foi em vão

A luz te segue, sempre iluminando
Seus delicados movimentos
Que não posso mais perder

E meus olhos seguem guiando
Todos os meus pensamentos
Que acabam sempre em você

Bailarina
(Victor Castanheira Antunes)

Novo Aeon - Raul Seixas

Sociedade alternativa
Sociedade novo aeon
É um sapato em cada pé
É direito de ser ateu
Ou de ter fé
Ter prato entupido de comida
Que você mais gosta
É ser carregado, ou carregar
Gente nas costas
Direito de ter riso e de prazer
E até direito de deixar
Jesus sofrer...