quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Rascunhos

No canto do caderno escrevo pequeno pra ninguém ver
No canto da sua boa busco um beijo pra te convencer
No pé da folha rasuro desenhos que faço pra você
No pé do seu ouvido conto como seria impossível viver
Entre o rascunho pinto um mar de palavras sem saber
Entro nos seus olhos e mergulho no mar de paixão entre mim e você

Rascunhos
Victor Castanheira Antunes

Nenhum comentário:

Novo Aeon - Raul Seixas

Sociedade alternativa
Sociedade novo aeon
É um sapato em cada pé
É direito de ser ateu
Ou de ter fé
Ter prato entupido de comida
Que você mais gosta
É ser carregado, ou carregar
Gente nas costas
Direito de ter riso e de prazer
E até direito de deixar
Jesus sofrer...