sábado, 20 de setembro de 2008

Intenso e forte como a flor

Talvez seja rápido.
Talvez seja forte.
Talvez seja intenso.
Talvez seja a morte.

O que me diz de uma queda?
Mas não igual a Adão e Eva

Talvez seja vermelho
Talvez seja quente
Talvez seja masoquista
Talvez seja clemente

E toda a surpresa que me domina
O que me adormece, morfina.

Talvez seja cego
Talvez seja poético
Talvez seja romântico
Mas que não seja cético

E o que dizer de tudo isso?
Relevar, ignorar a dor.
Não levar a sério
Tudo aquilo que chamam
De amor?

Intenso e forte como a flor
(Victor Castanheira Antunes)

Um comentário:

Yza. disse...

Pq tudo que eu leio agora me remete a sexo?
Preciso parar de pensar essas coisas. uhauihaia
Beijos

Novo Aeon - Raul Seixas

Sociedade alternativa
Sociedade novo aeon
É um sapato em cada pé
É direito de ser ateu
Ou de ter fé
Ter prato entupido de comida
Que você mais gosta
É ser carregado, ou carregar
Gente nas costas
Direito de ter riso e de prazer
E até direito de deixar
Jesus sofrer...